09 setembro, 2009

ELEIÇÕES EM PORTUGAL

Eu, abdico do meu direito de voto, pelo menos enquanto não arranjar emprego.

Se eu estivesse a trabalhar votaria no Eng. José Sócrates pois, deve haver continuidade a nível de execução literal do programa inicial do Governo (que me agradou imenso na época) obviamente que "algumas pontas têm de ser limadas".
Vi muitas vezes o Parlamento no canal da AR e numa certa época achei que os corruptos (ladrões de erário público, destruidores de famílias, gentinha inumana, totalmente descontextualizados da realidade social de um povo) iriam tornar a vida de Sócrates num Inferno e começariam a aparecer jogos sujos para o atirar para a lama.
O 1.º ministro ao ver-se atacado não se consegue manter indiferente e toma atitudes menos próprias e negativas (a meu ver não se devia deixar tocar por ataques injustos de gente que está a ver a sua vida a andar para trás e que vão ser apanhados).
O Eng. Sócrates não é perfeito (como qualquer ser humano) mas, tem feito imensas coisas boas obviamente que deve sempre prezar o diálogo a fim de aperfeiçoar certas coisas (por exemplo: o código de trabalho por mim feito em cima do joelho; a avaliação dos professores; o IVA sobre os bens de consumo necessários à vida humana...).

1 comentário:

  1. mas isso é o que eles querem... que todos nos abstenhamos para que um dia sejam apenas eles (os politicos e as suas familias) a votarem...
    votar em Branco é - penso eu - uma melhor forma de protestar.
    Foi o que fiz nas últimas europeias e agora...
    ainda não decidi.

    ResponderEliminar

Bem vindo quem venha por bem e saudações especiais aos críticos construtivos.