12 outubro, 2009

Condenação à morte por questões politicas.

No Facebook encontrei um grupo, chamado «Free Mohammad Zamani», que está a fazer todos os possíveis para salvar este cidadão Iraniano da pena capital de morte.

Transcrevo a tradução para Português que fiz para o grupo:

"Comunicado da Conferência Monárquica Internacional referente à repressão no Iraque:

A Conferência Monárquica Internacional (CMI), associação que reúne 64 organizações monárquicas representativas de 29 Nações, protesta contra a condenação à pena capital de morte de Mohammad-Reza Ali-Zamani, um militante monarquista de 37 anos e membro da Associação Monárquica Iraniana.

A 8 de Agosto do corrente ano ele compareceu, na companhia de Clothilde Reiss, perante o Tribunal revolucionário de Teherão.

Mohammad Reza Ali Zamani acabou por ser condenado à morte pelo simples facto de ter participado no movimento de protesto, que fez estremecer a República Islâmica, depois da eleição presidencial de Junho.

Trata-se da primeira condenação à pena capital de morte proferida pela justiça Iraniana contra um dos participantes nas manifestações que se seguiram à reeleição contestada de 12 de Junho de Mahmoud Ahmadinejad à presidência da República.

Para Mohammad-Reza Ali-Zamani a pena foi prorrogada até 4 de Novembro de 2009.

Além do compromisso politico monarquista de Mohammad-Reza Ali-Zamani temos o apoio da comunidade Internacional que deverá hoje mobilizar-se para salvar a vida de um prisioneiro politico condenado à morte pelo simples facto de se ter oposto a uma ditadura islâmica ilegítima e teocrática.

Como forma de dar o seu contributo, no sentido de, mobilizar energias e consciências, a Conferência Monárquica Internacional decidiu criar um «Colectivo para a libertação de Mohammad-Reza Ali-Zamani » e lançar uma petição para salva-lo.

Endereço electrónico: freezamani@monarchiste.com

Outras iniciativas estão a ser preparadas.

Sylvain ROUSSILLON
Secretário geral da CMI
http://internationale.monarchiste.com
http://www.facebook.com/group.php?gid=151478437097

****************************************************************************

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem vindo quem venha por bem e saudações especiais aos críticos construtivos.