14 agosto, 2011

E DE REPENTE FEZ-SE LUZ! E OS PARASITAS FORAM CONDENADOS E RESPONSABILIZADOS!

Antes de passar ao assunto quero deixar um vídeo (como música de fundo)







Vítor Gaspar: aumento de impostos resolve metade do desvio orçamental - Economia - PUBLICO.PT



«...a subida dos impostos... “Os portugueses têm consciência de que estamos a viver uma crise”...»

?????????????????????????

Os Portugueses têm consciência e sentem na pele e nas suas vidas de há décadas a esta parte que a palavra crise tem acorrentado suas vidas, é uma doença crónica e galopante é "injectada" a gerações inteiras e veio para ficar, já assentou arraiais, criou raízes e dá muito jeito a uma série de fdp que seja assim para a eternidade!

Sempre conheci e senti em cada poro do meu ser o termo crise, o apertar o cinto, a que agora chamam austeridade (deve ser porque o termo tem requintes de malvadez, é como as armas, cada vez mais aperfeiçoadas para matar com requinte e de preferência mais gente de cada vez! Só que a crise descamba mais tarde em ausência de governo e povo ao abandono, veja-se por exemplo o caso da Somália que também recebeu ajudas do FMI, e muitos mais casos existem. Pior cego é aquele que não quer ver!)e para o pessoal da minha geração esta existe desde o tempo do Mário Soares que dizia em 1977 que os Portugueses tinham de começar a apertar o cinto para mais tarde não custar tanto.

Isto está "muito bem encaminhado"! Sim senhor!


----------------------------------


De pequenas coisas se constrói algo.

Juntemos pequenas informações (como se de um puzzle se trata-se) para conseguirmos visualizar a armadilha que nos estão construindo, de forma a, termos uma visão de quanto mais vamos sofrer e do tipo de Futuro que vamos deixar para os nossos filhos e para as gerações vindouras.


--------------------------------------------------------------------------

http://economia.publico.pt/Noticia/factura-media-de-electricidade-e-gas-sobe-11-euros_1507405

«... os dados do Eurostat indicam que, incluindo impostos (ou seja IVA a 6 por cento contra IVA a 23 e 25 por cento noutros países), os agregados familiares em Portugal pagam preços do gás natural em linha com a média da União Europeia...»

-------------------------------------------------------------------------

http://dedosnasferidas.blogspot.com/2011/08/fraude-legalizada-dos-contratos-de.html

«... A fraude legalizada dos: Contratos de emprego inserção e de emprego inserção + (anteriormente designados Contratos de Actividade Ocupacional)...
Quando o subsídio de desemprego termina não são dadas garantias por escrito (aos supostos inseridos) acerca da possibilidade de formalização posterior de um contrato a termo (no mínimo!), e este tipo de contratos discrimina os submetidos, isto é, estes não recebem nem subsidio de Natal nem subsidio de férias e têm de trabalhar 8 horas por dia, como qualquer outro funcionário contratado a prazo, a termo ou por tempo indeterminado....
O Estado considera fraude se um desempregado subsidiado fizer uns biscates como forma de angariação de mais uns trocados para sobreviver e prover ao sustento da sua família mas, por outro lado obriga os subsidiados desempregados involuntários a desempenharem funções que são pagas não com salário mas, com subsidio de desemprego e como são “bonzinhos” ainda oferecem 20% sob o valor do subsidio, isto é, retiram à força o poder de compra das pessoas reduzindo-as à sua insignificância, humilhando-as, despersonalizando-as e condenando-as à esmolazinha.
... A isto só posso chamar fraude legalizada elevada à máxima potência...»

-----------------------------------------------------------------------

http://oinsurgente.org/2008/06/27/interrupcao-voluntaria-da-gravidez-da-direito-a-subsidio-social-de-maternidade/

http://www2.seg-social.pt/left.asp?02.11.05

«... Protecção social na parentalidade - Maternidade, paternidade e adopção

A protecção social na parentalidade garantida às pessoas em situação de carência consiste na atribuição de subsídios sociais nas situações de ... interrupção da gravidez,...

Os subsídios sociais por ... interrupção da gravidez ... só são atribuídos se a mulher for trabalhadora...

MONTANTES DOS SUBSÍDIOS SOCIAIS

O valor dos subsídios sociais corresponde a uma percentagem do Indexante de Apoios Sociais – IAS....

Por interrupção da gravidez... 80% ... Montantes Diário (% de 1/30 do valor do IAS)...

A concessão dos subsídios sociais não dá lugar ao registo de remunerações por equivalência à entrada de contribuições...»

Ah a Seg. Social refere só interrupção de gravidez, logo presumo que incluem a interrupção voluntária e a involuntária.

Acerca da interrupção involuntária encontrei um pdf de uma companhia de seguros intitulado «APÓLICE DE SEGURO DE SAÚDE-INDIVIDUAL», link:

http://www.generali.pt/generali_pt/produtos/Saude/condicoes/ApoliceSeguroSaude.pdf

«... Artigo 4.º - Entrada em Vigor das
Garantias
...
2. O Período de Carência é alargado para:
...
b) 1 ano e 6 meses (540 dias) nos casos de
despesas motivadas por:
...
Interrupção involuntária da gravidez;
...
Artigo 4.º - Exclusões
1. Sem prejuízos das exclusões previstas nas
Condições Gerais aplicáveis a esta
garantia, não fica garantido ao abrigo da
presente Condição Especial o pagamento
das despesas de internamento
relacionadas com:
...
b) Gravidez, parto ou interrupção
involuntária da gravidez, excepto neste
último caso se resultante de Doença ou
Acidente garantido por este contrato;

...

VI. PARTO
Artigo 1.º - Âmbito da Garantia
1. Ao abrigo da presente Condição Especial
fica garantido, até ao valor e nos termos
estabelecidos nas Condições Particulares,
o pagamento das despesas efectuadas
pelo Segurado/Pessoa Segura em regime
de Prestações Convencionadas ou
Prestações Indemnizatórias em
consequência de internamento numa
unidade hospitalar quando directamente
motivado por:
...
b) Interrupção involuntária da gravidez;
...»

????

Cheira-me a Grandes negócios com a vida humana...

------------------------------------------------------------------------------

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1951747

«Suíça pede a Portugal para deixar passar cocaína»
In, Jornal de Noticias, 14 de Agosto de 2011
-----------------------------------------------------------------------









------------------------------------------------------------------

Pela Paz Mundial e pelo amor que temos aos nossos filhos à nossa Pátria mãe e a este Planeta:

Temos de eliminar de uma vez por todas com o medo que nos incutem dia a dia, segundo a segundo de nossas vidas. Não podemos continuar permitindo que nos continuem aterrorizando.





------------------------------------------------------------------------------------------------

O que é o amor?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bem vindo quem venha por bem e saudações especiais aos críticos construtivos.